sexta-feira, 6 de abril de 2012

Onde surgiu a expressão gandula !


"Gandula": é um alcunha para os apanhadores de bola à beira do gramado nos campos de futebol.

Quem assistiu o Globo Esportes de hoje, já sabe a origem da expressão "gandula", comumente utilizada e bastante em voga nos dias de hoje principalmente pelos últimos acontecimentos ocorridos.

Explico melhor.

Inter x Juventude no Beira-Rio: o gandula rapidamente repõem a bola na posição de escanteio, Dátolo cruza e Leandro Damião esperto cabeceia para o gol enquanto o goleiro ainda vibra com grande defesa na qual espalmou para fora gerando o escanteio.

Campeonato Sergipano: atacante do Sergipe passa por marcador, chuta para o gol e `penetra` isola a bola.

Mas de onde surgiu o apelido de gandula?

A expressão surgiu em 1939 quando o time do Vasco da Gama contratou um atacante argentino (excelente cabeceador, preciso nos passes, hábil e goleador) que se chamava Bernardo Gandulla, nascido em 1º de março de 1916!

Chegou junto com seu compadre Emeal vindo do Ferro Carril Oeste. Só que o jogador não se adaptou ao time e ficava apenas no banco de reservas. Para tentar mostrar alguma utilidade, ele sempre corria e pegava as bolas que saíam do campo, até mesmo as do adversário. Assim, Gandulla se tornou simpático junto a torcida.

Quando ele retornou à sua pátria, o termo “gandula” continuou a ser usado para designar os repositores de bolas.

Já na Argentina, em seguida, jogou pelo Boca Juniors sagrando-se campeão em 1940 e 1943.

Começou uma carreira de treinador no Defensores de Belgrano (ARG) em 1953 e foi técnico também do Boca Juniors na temporada de 1957-1958.

Falecei no dia 7 de Julho de 1999 aos 83 anos.

Ficou para a história por um gesto simples.

Segue alguns jogadores que foram gandulas no passado: D´Alessandro (Internacional), Botinelli (Flamengo), Renato (Botafogo), Didira (Atlético-MG).

Se conhecerem mais alguns, é só postar.

Postar um comentário