segunda-feira, 7 de maio de 2012

Racismo é ser chamado de alemão, de branquelo ou de gringo.


"Ministério Público abre investigação para apurar suposto racismo em música de Alexandre Pires"

Racismo é ser chamado de alemão, de branquelo ou de gringo.

Agora ficou provado.

Ok, durante muitas décadas os negros foram escravizados. Mas já passei por muitos países neste mundão afora e uma das vezes que mais tive medo foi na Alemanha, onde estávamos com um amigo indonesiano parados numa auto-estrada de lado devido a um acidente. Para nosso azar, ao nosso lado, parou um carro da Polônia com quatro caras com carecas, com tatuagem da suástica, tomando Vodka e perceberam a presença do nosso amigo.

Ligeiramente, deixamos o carro parado aí e fomos caminhar em outra direção com ele (deixamos somente um motorista para o caso da estrada ser liberada). Felizmente, eles além de encararem, nada mais fizeram.

O que quero dizer com isso? Que racismo é contra qualquer raça e não somente contra um grupo racial específico. Lógico que no Brasil devido a sua história, todos associam racismo aos negros. Mesmo assim, várias vezes fui humilhado pela minha cor branca no nordeste ou mesmo em São Paulo e não chamei nenhum órgão de defesa dos branquelos.

Tirem suas conclusões. Esta é minha opinião.

Leiam a notícia: Ministério Público abre investigação para apurar suposto racismo em música de Alexandre Pires
Postar um comentário