segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Polícia! Para quem precisa ! De polícia !


Hoje ocorreu um fato no mínimo inusitado na casa da minha família !

Um motoqueiro teve um 'entrevero' com um carro da polícia na minha cidade (Estância Velha-RS), fugindo do local.

A polícia em perseguição, saiu pelas ruas atrás do fulano até que, acredite se quiser, o motoqueiro adentrou no pátio da nossa casa.

Como temos um pequeno negócio no local, o portão estava aberto para poder recepcionar clientes.

Só que o motoqueiro não era cliente e nem queria comprar nada, só fugir da polícia.

Meu filho mais velho que cuidava da loja no momento, ficou sem saber o que fazer.

Atônito, ficou assistindo a discussão entre os policiais e o motoqueiro (que estava com sua mãe supostamente na garupa da moto).

Na conversa (discussão), os policiais que somente não apreenderiam a moto porque estava em uma área privada.

Agora a pergunta de um milhão de dólares: o que fazer numa hora dessas?

Opções:

1) Chamar a polícia ! Eles já estavam ali e nada fizeram. E se fosse um assalto, sairiam tranquilamente como fizeram minutos depois?

2) Sair correndo ! Seria uma alternativa, porém, se a polícia já estava ali, não havia motivo para tanto pânico.

3) Não fazer nada ! Foi o que meu filho fez.

Finalizando:
- ele bateu foto da motocicleta (até para ter provas contra o motoqueiro se fosse o caso) e esperou o elemento sair do pátio.
- o motoqueiro não possuía habilitação, por isso que não poderia sair pilotando a moto.
- o motoqueiro perguntou se ele poderia deixar a moto ali por algum tempo e recebeu a autorização (o que fazer nesses casos, né?).
- ele voltou um tempo depois com uma camionete para buscar a moto, já que não encontrou nenhuma pessoa para sair pilotando a mesma.


Depois de todo o susto, fica a dúvida: como proceder em casos como esse? E se fosse um assalto? A polícia deixou o local, deixando um invasor em uma local privado.

Realmente não sei o que fazer.

Postar um comentário