terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Sábios Porcos-Espinhos !


Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.

Os porcos-espinhos, percebendo esta situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente. Mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que forneciam calor.

E, por isso, tornavam a se afastar uns dos outros. Voltaram a morrer congelados e precisavam fazer uma escolha: desapareceriam da face da Terra ou aceitavam os espinhos do semelhante. Com sabedoria, decidiram voltar e ficar juntos.

Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que uma relação muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.

Sobreviveram.

MORAL DA HISTÓRIA: O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aceita os defeitos do outro e consegue perdão pelos próprios defeitos.

Enguia !


Joãozinho, depois de ter passado a noite vigiando a irmã que namorava no sofá da sala, conta para a mãe tudo o que viu:

"Mãe, a Suzana e o namorado apagaram a maior parte das luzes e se sentaram no sofá.
Ele chegou perto dela e começou a abraçá-la.
A Suzana deve ter começado a ficar doente, porque seu rosto começou a ficar vermelho.
O namorado dela deve ter percebido que ela começava a passar mal, porque ele colocou a mão dentro da blusa dela, acho que para sentir seu coração. Só que ele demorou muito para encontrá-lo.
Aí foi ele que começou a ficar doente, porque os dois começaram a ficar ofegantes com pouca respiração.
Acho que a mão dele estava fria, porque ele colocou por dentro da saia da Suzana, que deitou no sofá dizendo que estava muito quente.
Depois de um tempo, consegui ver o que estava deixando os dois doentes: uma enguia enorme tinha saltado das calças dele.
Era muito grande, devia ter uns 20 cm de comprimento. Foi então que, a Suzana agarrou a enguia com as duas mãos.
Acho que para evitar que ela fugisse, e disse que era a maior que ela já tinha visto.
De repente, a Suzana deve ter ficado maluca, porque tentou comer a enguia, colocou ela inteirinha na boca.
Mas acho que deve ser difícil a digestão, porque depois de 10 minutos, a enguia saiu da boca da Suzana, ainda inteirinha.
O namorado da Suzana então, enfiou a enguia dentro de um saco plástico, para não deixá-la fugir.
A Suzana tentou ajudá-lo e deitou prendendo a enguia entre as pernas, enquanto o namorado deitava por cima dela.
Eles ficaram tentando esmagar a enguia entre eles.
Eu confesso que fiquei assustado, porque a Suzana gritava tanto e se contorcia toda...
Depois de muito tempo os dois soltaram um suspiro de alívio.
Acho que eles conseguiram matar a enguia, porque eu a vi pendurada abaixo da barriga do namorado da Suzana.
A Suzana e o namorado sentaram no sofá e começaram a se beijar, e quero que um raio caia na minha cabeça, se a enguia morta não ressuscitou e eles começaram a batalha novamente.
Desta vez a Suzana tentou esmagar a enguia sentando em cima dela.
Depois de 40 minutos ela morreu, porque o namorado da Suzana esfolou a enguia e jogou a pele pela janela.
Mãe, eu estava pensando, acho que as enguias são como os gatos, têm sete vidas ou mais...
A senhora não acha?"

A cuca !


O nono está no leito de morte.

Os filhos, netos e bisnetos vieram de todos os cantos do Brasil afora.

Os médicos mandam que os parentes levem-no para casa, para cumprir o desejo de morrer em família.

Vai para o quarto e as visitas vão se revezando para tentar consolar e dar conforto ao Nono.

De repente, o Nono sente um aroma de cuca que vem da cozinha.

Era a Nona tirando do forno uma cuca.

Os olhos do Nono brilham e ele se reanima.

Então, o Nono pede ao bisneto que está no lado dele na cama:

- Neno, vá lá na cozinha e pede um pedaço de cuca para a Nona.

O guri vai e volta muito rápido.

- E a cuca? - pergunta o Nono.

- A Nona disse que não!

- Má per que non?

- A Nona disse que é para o velório.

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Frases sobre motos !


- "Moto é, e sempre será o melhor veículo, nunca cabe a sogra..."
- "Motocicleta é igual a sogra. Você acaba tendo uma..."
- "Motocicleta é tão seguro que não é preciso nem cinto de segurança"
- "Ela disse: - Ou eu ou a moto... até hoje sinto saudades dela!"
- "Enquanto uns curtem a paisagem... de moto eu faço parte dela!"
- "Jesus andava de jumento porque não existia moto, senão ele também teria motoqueiro"
- "A liberdade é o sonho mais antigo do homem.... por isso poucos tem o poder de ter"
- "O pior dia andando de moto é muito mais gostoso do que o melhor dia trabalhando"
- "Se uma mulher troca mais vezes, o óleo da moto, do que de opinião. Case-se com ela."
- "Você tem que ser esperto o suficiente para entender as regras do motociclismo e bobo o suficiente para achar que tudo isso vale a pena."
- "Se você está andando na frente, não cuspa."

Falta de Experiência Médica !


O sujeito está aguardando a operação do amigo, quando o vê saindo apressado da sala de cirurgia:

- O que é isso, cara? Ficou maluco?!

- Me inclua fora desta! Eu não fico aqui nem mais um minuto!

- Deixa de frescura! Essa é uma operaçãozinha de apendicite. Você vai tirar isso de letra!

- Foi exatamente isso que a enfermeira disse agora há pouco!

- Então, por que tanto medo?

- Ela estava dizendo isso para o médico que iria me operar!

Como explicar sem ofender !


Um advogado idoso de 85 anos estava fazendo seu check-up anual.

O médico perguntou como ele estava se sentindo:

- Nunca me senti tão bem - respondeu o velho. Minha nova esposa tem 18 anos e esta grávida, esperando um filho meu. Hein!? O que me diz disto?

O médico refletiu por um momento e disse:

- Deixe-me contar-lhe uma estória: Eu conheço um sujeito, cujo avô era um caçador fanático, nunca perdeu uma estação de caça. Mas, um dia, por engano, colocou seu guarda-chuva na mochila em vez da arma. Quando estava na floresta, um urso repentinamente apareceu em sua frente. Ele sacou o guarda-chuva da mochila, apontou para o urso e .....BANG, o urso caiu morto.

- HA!HA!HA!HA! Isto é impossível - disse o velhinho. Algum outro caçador deve ter atirado no urso.

- Exatamente !!!! ..................

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Idosa ao volante !


Um guarda rodoviário manda parar um carro que estava em baixíssima velocidade em uma cidade. Quando se aproxima, nota que dentro dele há quatro velhinhas. Com toda delicadeza, diz para a motorista:

— Minha senhora, me desculpe, mas a senhora não pode dirigir tão devagar em uma estrada como esta.

— Mas é a velocidade limite, seu guarda. Estava na placa lá atrás: BR-40.

— A placa era o número da estrada, minha senhora!

Então, o guarda percebe que as outras passageiras estão com os olhos esbugalhados. Preocupado, pergunta:

— E suas amigas, o que é que elas têm? Estão passando bem?

— Ah, seu guarda! É que eu acabei de sair da BR-260!